Voltar

CANTINHO DA IMPRENSA

EMAM / Release


EMAM finaliza Curso de Mediação e prepara outro para segundo semestre

25/06/2018

Com a presença da diretoria da Escola de Magistratura Mato-grossense (EMAM), o curso de mediação foi finalizado na tarde desta sexta-feira (15). A formação ocorreu durante toda a semana, na sede da escola, e contou com a participação de 22 pessoas.

Tulio Tomé, estudante e participante, reafirma a importância de estar neste curso, justamente para fazer com que as pessoas entendam que são protagonistas de suas vidas e podem solucionar seus conflitos pessoais, sem a necessidade de solicitar a intervenção da justiça.

“Com o passar dos anos, transferimos a responsabilidade de decisão de nossas vidas para autoridades, e por isso, nos tornamos pessoas que não conseguem resolver os próprios problemas. Esse curso nos torna capaz de ajudar as pessoas a viverem em melhor pacificação social”, finaliza.

De acordo com a juíza Viviane Isernhagen, diretora de Ensino da escola, esse é um curso para a vida e também, para ser utilizado como profissão. “Mediação é um ofício que pede cada vez mais pessoas com esse preparo. É um curso que permite uma mudança de comportamento diante as situações que você enfrentará na vida”, comenta.

Além da magistrada, o encerramento do curso contou também com a participação do diretor geral da EMAM, o juiz Jones Gattas Dias, e da diretora administrativa, a desembargadora Maria Erotides Kneip Baranjak.

O diretor geral da EMAM destacou a satisfação em poder promover um curso para ajudar as pessoas e resolver problemas antes de eles chegarem à Justiça. “É um curso para ajudar as pessoas a conversarem. Neste mundo de guerra as pessoas não se entendem mais, e por isso é uma satisfação estar como diretor da escola e promover este curso que ajuda os outros a lidar com algumas dificuldades antes que se torne algo pior”, avaliou.

O curso de mediação atende uma demanda da nova legislação, com base no Código de Processo Civil (Lei n. 13.105/2015), Lei de Mediação (13.140/2015), no Código de Processo Civil (Lei n. 13.105/2015) e, ainda, em cumprimento à Resolução 125/2010 do CNJ, que tratam da mediação e conciliação como meio adequado para a solução de conflitos. O próximo curso deve ocorrer no segundo semestre de 2018.

Edital de concurso para PF é publicado nesta sexta-feira

O edital do concurso público da Polícia Federal foi publicado nesta sexta-feira (15 de junho) no Diário Oficial da União. Ao todo serão oferecidas 500 vagas para cargos de nível superior, com oportunidades para delegado, escrivão, agente e perito criminal.

O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) é a instituição contratada para a organização e realização do concurso público, conforme Extrato de Dispensa de Licitação publicado no Diário Oficial da União de 8 de junho deste ano. Já a autorização para o certame foi publicada no dia 20 de abril.

As vagas foram divididas da seguinte forma: 150 para o cargo de delegado de polícia federal, 60 para perito criminal federal, 80 para escrivão de polícia federal, 30 para papiloscopista policial federal e 180 para agente de polícia federal.

Em vista da oficialização deste e de outros concursos, a Escola da Magistratura Mato-Grossense (EMAM) inovou e lançou cursos preparatórios para Polícia Judiciária Civil (PJC) e também para Polícia Federal (PF), ministrados por professores altamente qualificados. São três opções que se encaixam na necessidade de concurseiros em diferentes estágios de preparação. Todos eles iniciam as aulas no dia 25 de junho. As inscrições estão abertas.

O “Curso Avançado Para PJC” é voltado para concurseiros que estão estudando há pelo menos um ano, pois é focado na resolução de questões. Tem carga horária de 150 horas/aula (50 dias), de segunda a sexta, das 8h às 11h.

O “Curso Preparatório para Carreira Policia Federal + PJC” é indicado tanto para quem busca carreira na Policia Federal como na Civil. Tem como diferenciais: material exclusivo das jurisprudências mais atuais comentadas Joaquim Leitão Júnior, delegado em Mato Grosso. Serão 322 horas/aula, de segunda a sexta, das 19h15 às 22h15, e aos sábados, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Aprovação

Alunos do curso preparatório Delta Reta Final, voltado para concursos da carreira polícia civil e promovido pela EMAM, foram aprovados na primeira fase (prova oral) do certame para delegado em Mato Grosso. O resultado, salienta Bruno Barcellos, coordenador de cursos, está intimamente ligado à forma como a escola trabalha.

“A instituição, que é ligada à Associação Mato-grossense de Magistrados (AMAM), tem se destacado em todas as provas por traçar estratégias baseadas nos concursos anteriores, com foco no que costuma ser cobrado. Além disso, contamos com um corpo docente qualificado, composto por profissionais com experiência nas mais variadas áreas ligadas ao Direito”, explica.

Mais informações na parte de cursos do site da EMAM (http://emam.web2004.uni5.net/curso/27/Curso-Carreiras-Policiais), onde pode ser feita a pré-inscrição, ou pelo telefone (65) 3631-1414.

 

EMAM lança novos cursos para Polícia Judiciária Civil e Polícia Federal* ​​​​​​

29/05/2018

A Escola da Magistratura Mato-Grossense (EMAM) inova mais uma vez e lança cursos preparatórios para Polícia Judiciária Civil (PJC) e também para Polícia Federal (PF), ministrados por professores altamente qualificados. São três opções que se encaixam na necessidade de concurseiros em diferentes estágios de preparação. Todos eles iniciam as aulas no dia 25 de junho. As inscrições estão abertas.

O “Curso Avançado Para PJC” é voltado para concurseiros que estão estudando há pelo menos um ano, pois é focado na resolução de questões. Tem carga horária de 150 horas/aula (50 dias), de segunda a sexta, das 8h às 11h.

O “Curso Preparatório para Carreira Policia Federal + PJC” é indicado tanto para quem busca carreira na Policia Federal como na Civil. Tem como diferenciais: material exclusivo das jurisprudências mais atuais comentadas Joaquim Leitão Júnior, delegado em Mato Grosso. Serão 322 horas/aula, de segunda a sexta, das 19h15 às 22h15, e aos sábados, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Mais informações na parte de cursos do site da EMAM (http://emam.web2004.uni5.net/curso/27/Curso-Carreiras-Policiais), onde pode ser feita a pré-inscrição ou pelo telefone (65) 3631-1414.

Escola da Magistratura aprova três alunos em prova oral para delegado de PJC

Alunos do curso preparatório Delta Reta Final, voltado para concursos da carreira polícia civil e promovido pela Escola da Magistratura Mato-grossense (EMAM), foram aprovados na primeira fase (prova oral) do certame para delegado em Mato Grosso. Francisneia Alencar, Gilcimar Carvalho e Luiz Inácio Mallmann comemoraram a conquista.

Bruno Barcellos, coordenador do Curso, planejou o andamento das aulas para reforçar o aprendizado e dar confiança aos alunos. “Dando continuidade à preparação, nós turbinamos as aulas pensando justamente na prova oral. Nossa equipe deu o suporte para que os candidatos Delta tivessem destaque no momento da avaliação”.

A instituição, que é ligada à Associação Mato-grossense de Magistrados (AMAM), tem se destacado em todas as provas por traçar estratégias baseadas nos concursos anteriores, com foco no que costuma ser cobrado. O Curso Delta Reta Final conta ainda com um corpo docente qualificado, composto por profissionais com experiência nas mais variadas áreas ligadas ao Direito.

Francisneia Alencar, uma das classificadas, explicou os pontos que mais contribuíram. “O curso me ajudou muito, tanto na parte pedagógica, quando na psicológica. Os professores são exemplares e a preocupação com meu bem-estar foi importante. Gilcimar Carvalho também comentou sobre a classificação. “O curso tornou meu tempo de estudo e a didática dos professores me ajudou. Tive pouco tempo e o curso foi essencial”, explicou.

A possibilidade de dedicar horas do dia ao estudo sob supervisão de professores potencializa a assimilação do conteúdo. Luiz Inácio apostou no curso e não se arrepende. “Este foi o primeiro curso que fiz. As lições foram bem pontuais para o concurso, certeiro no que poderia cair”.

O juiz Jones Gattas Dias, diretor geral da EMAM, está sempre presente em reuniões de planejamento com Bruno Barcellos. A dupla trabalha pesado para manter uma equipe de professores atualizada. “Nós mantemos uma equipe de renome não só em Mato Grosso, mas de renome em todo o Brasil. Investimos nisso, sabemos que além da estrutura física, precisamos construir uma estrutura psicológica firme que é possível quando”.

A Escola da Magistratura Mato-grossense está localizada na avenida Hélio Ribeiro, s/nº, no Residencial Paiaguás, em frente ao Parque das Águas.

Fonte: Pau e Prosa Comunicação

EMAM realiza curso de Mediação Extrajudicial; inscrições abertas

03/04/2018

A Escola da Magistratura Mato-Grossense (EMAM) está com as inscrições abertas para o Curso de Mediação Extrajudicial que ocorrerá entre os dias 23 e 27 de abril, com uma carga horária de 40 horas. Para participar é necessário ter curso superior com pelo menos dois anos de formado.

A juíza Viviane Isernhagen, diretora de Ensino da EMAM, salienta que o curso vem atender uma demanda que surgiu com a nova legislação, com base na Lei de Mediação (11.340/2015) e na Resolução 125/2010 do CNJ, que tratam da mediação e conciliação. Ela ressalta inclusive que os participantes do curso podem ser conciliadores e podem aproveitar a carga horária para se tornarem mediadores judiciais, mas para isto terão de fazer o estágio supervisionado.

O curso de Mediação Extrajudicial é voltado principalmente para atuação em cartórios. Ela ressalta a necessidade da capacitação pois se tratam de procedimentos com características peculiares que exigem técnicas específicas. Atualmente, existe uma gama de atendimentos feitos pelos cartórios e com o curso de mediação é possível atender de uma maneira muito melhor, evitando que algumas demandas cheguem ao Judiciário.

O curso ocorrerá das 8h às 18h, com duas horas de almoço, durante cinco dias, com vaga para 40 alunos. É necessário 100% de presença para garantir a certificação de mediador. As aulas serão na sede da EMAM, localizada na Av. Hélio Ribeiro, s/nº Residencial Paiaguás, em frente ao Parque das Águas, em Cuiabá. Mais informações na secretaria da Escola ou pelo telefone (65) 3631-4252.

 

EMAM realiza curso de Mediação Extrajudicial; inscrições abertas

23/03/2018

A Escola da Magistratura Mato-Grossense (EMAM) está com as inscrições abertas para o Curso de Mediação Extrajudicial que ocorrerá entre os dias 23 e 27 de abril, com uma carga horária de 40 horas. Para participar é necessário ter curso superior com pelo menos dois anos de formado.

A juíza Viviane Isernhagen, diretora de Ensino da EMAM, salienta que o curso vem atender uma demanda que surgiu com a nova legislação, com base na Lei de Mediação (11.340/2015) e na Resolução 125/2010 do CNJ, que tratam da mediação e conciliação. Ela ressalta inclusive que os participantes do curso podem ser conciliadores e podem aproveitar a carga horária para se tornarem mediadores judiciais, mas para isto terão de fazer o estágio supervisionado.

O curso de Mediação Extrajudicial é voltado principalmente para atuação em cartórios. Ela ressalta a necessidade da capacitação pois se tratam de procedimentos com características peculiares que exigem técnicas específicas. Atualmente, existe uma gama de atendimentos feitos pelos cartórios e com o curso de mediação é possível atender de uma maneira muito melhor, evitando que algumas demandas cheguem ao Judiciário.

O curso ocorrerá das 8h às 18h, com duas horas de almoço, durante cinco dias, com vaga para 40 alunos. É necessário 100% de presença para garantir a certificação de mediador. As aulas serão na própria sede da EMAM, localizada na Av. Hélio Ribeiro, s/nº Residencial Paiaguás, em frente ao Parque das Águas, em Cuiabá. Mais informações na secretaria da Escola ou pelo telefone 3631-4252.

EMAM inicia curso para PJC e destaca momento favorável para candidatos à Segurança Pública

A Escola da Magistratura Mato-grossense (EMAM) iniciou na quinta-feira (1º) mais um curso preparatório para concurso de investigador e escrivão da Polícia Judiciária Civil. Cerca de 80 alunos compareceram ao primeiro dia dos próximos três meses de estudos.

Na ocasião, o momento favorável para abertura de vagas foi objeto de discussão. A aula inaugural ocorreu sob direção do professor e coordenador do curso, Bruno Lima Barcellos, que comentou sobra a estrutura ofertada pela EMAM, além da excelência dos professores. Ele destacou ainda a localização privilegiada da escola, próximo ao Parque das Águas e região do Centro Político Administrativo.

“Nós temos os melhores professores. Eles estão ministrando aulas há algum tempo. Todos com ótima aceitação dos alunos, boa didática, e reciclagem constante. Temos delegados, defensores, juízes, professores de português, história e geografia. Tudo moldado para uma intensa preparação. Estamos estudando com base nos últimos editais e suas respectivas bancas”, comentou Bruno Barcellos.

O juiz Jones Gattas Dias, diretor geral da EMAM, também compareceu ao primeiro dia de aula, trazendo informações relevantes aos concurseiros. Segundo Gattas, o estágio político e econômico brasileiro aponta um futuro próximo com muitas vagas.

“O momento é oportuníssimo. Quem quer ingressar nessa área vê um cenário muito favorável. Serão abertas várias vagas para a segurança pública. E como se preenche isso? É com concurso. O país vai precisar investir em segurança nos próximos anos e um curso como esse é raiz de preparação dos candidatos. Para quem quer ingressar na carreira policial este é o momento certo”, afirmou.

João Guilherme assistiu a primeira aula antes mesmo de concretizar sua inscrição. O concurseiro se apoia nas expectativas futuras para aprofundar os estudos. “É evidente que teremos concursos para a Segurança Pública. Vejamos o recente Ministério Extraordinário da Segurança criado por uma medida provisória do presidente da República”, comentou.

As inscrições ainda estão abertas e podem ser feitas na secretaria da EMAM. Para mais informações o telefone é 3631-4252 e o emailsecretaria@emam.org.br também está disponível.

Confira o quadro de professores:

- Bruno Lima Barcelos (coordenador)

- Cleide Regina (defensora pública e professora de Legislação Penal Extravagante)

- Eduardo Calmon (juiz e professor de Direito Administrativo)

- Cláudio Alvarez Santana (delegado e professor de Processo Penal)

- Laila Allemand (advogada e professora de Direito Penal e Legislação Penal Extravagante)

- Professor Neto (Direito Constitucional)

- Valerio Mazzuoli (advogado e professor de Direitos Humanos)

- Else Cavalcante (professora de História)

- Marcelo Alonso (professor de Geografia)

- Anderson Garcia (delegado e professor de Estatuto da PJC)

- Douglas Remonat (professor de Filosofia e Ética)

- Guilherme Facchineli (professor de Legislação Extravagante)

- Marcel Oliveira (professor de Penal)

- Professor Lucilo (Legislação Penal Extravagante)

- Joaquim Leitão Júnior (Legislação Penal Extravagante)

- Henrique Castelo Branco (professor de Português)

- Eduardo Ormond (professor de Informática)

Cursos preparatórios da EMAM garantem aprovação de alunos em MT e MS

15/12/2017

Alunos de cursos preparatórios para concursos da carreira policial civil promovidos pela Escola da Magistratura Mato-grossense (EMAM) são aprovados nas primeiras fases de certames para delegado, escrivão e investigador de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Foram cinco aprovações na 1ª fase do concurso para Delegado PJC/MT, três para investigador e escrivão da PJC/MS e dois para delegado da PJC/MS.

A instituição, ligada à Associação Mato-grossense de Magistrados (AMAM), tem se destacado, segundo o coordenador dos cursos, o delegado Bruno Barcellos, por traçar estratégias baseadas nos concursos anteriores, com foco no que costuma ser cobrado nos dias de prova. Além disso, conta com um corpo docente qualificado, composto por profissionais de larga experiência nas mais variadas áreas ligadas ao Direito.

Para Barcellos, os melhores indicadores de que a EMAM está no caminho certo são o alto índice de aprovação e a satisfação dos alunos. Gilcimar Carvalho, aprovado nos concursos de delegado em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, pontuou: “o curso otimizou meu tempo de estudo e a didática dos professores me ajudou muito”.

Vanessa Miranda de Paula participou do curso Delta Reta Final e garantiu aprovação no concurso de delegado no estado e destacou principalmente o cuidado com a parte psicológica dos alunos. Além de conteúdo e da parte cognitiva, percebi no cursinho um cuidado com a parte psicológica, pessoas sempre motivando você, falando da sua capacidade, acreditando no seu potencial e foi fundamental a união destes dois conceitos: qualidade do ensino ofertado e motivação”, elogiou.

Francisneia Alencar também passou na primeira fase para delegado em Mato Grosso e destacou a excelência dos professores, assunto também elencado por Luiz Inácio Mallmann Batista, classificado na segunda fase para delegado. “Eu só tinha duas formas de estudo, em casa e o cursinho. Este foi o primeiro que fiz e foi muito proveitoso pela qualidade dos professores em passar o que tem de melhor na área. As lições foram bem pontuais para o concurso, certeiro no que poderia cair”, relatou.

O juiz Jones Gattas Dias, diretor geral da EMAM, ressaltou que a escola tem vocação para o ingresso nas carreiras jurídicas e ao longo dos anos foram surgindo novas demandas e as opções de cursos foram sendo ampliadas. Agora sob a coordenação do Bruno Barcellos os cursos para delegados e o mais recente para escrivão e investigador têm sido sucesso, inclusive, de procura. O último conta com uma turma com mais de 70 alunos.

Para o magistrado, o sucesso está justamente na busca pela excelência curso que tem garantido a aprovação de vários alunos nos concursos. “Os alunos nos procuram pela nossa preocupação em trazer os melhores professores, alguns inclusive são de renome nacional e isto amplia as chances dos que estão fazendo o curso”, frisa.

Fonte: Pau e Prosa Comunicação

EMAM realiza curso preparatório para concurso de Investigador e Escrivão

26/10/2017

A Escola da Magistratura Mato-grossense (EMAM) está com inscrições abertas para o Curso Preparatório para Investigador e Escrivão da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC-MT). O objetivo é preparar os candidatos já visando o certame que deverá ser realizado em breve pelo Governo do Estado para a efetivação de 1,2 mil cargos, sendo 900 investigadores e 300 escrivães. Serão três meses de aulas, com início já no próximo dia 6 de novembro e término no dia 20 de janeiro de 2018.

De acordo com o coordenador do curso, o delegado da PJC-MT Bruno Lima Barcellos, as aulas, realizadas no período noturno, terão enfoque nos concursos anteriores e naquilo que poderá ser cobrado no dia da prova. “Ou seja, totalmente direcionado para concurso. Para melhor compreensão, trabalharemos temas de importância e que possivelmente serão cobrados na prova”, reforça.

O corpo docente, informa Barcellos, será composto pelos melhores professores da área, como Cláudio Santana (Processo Penal), Eduardo Calmon (Administrativo), Laila (Penal), Lucilo (Legislação Penal Extravagante), Neto (Constitucional), Henrique Castelo Branco (Português), Cleide Regina (Legislação Penal Extravagante), Marcelo Alonso (Geografia), Else Cavalcante (História), delegado Anderson Garcia (Estatuto Da PJC-MT), Carlos Mel (Informática).

O curso será realizado nas instalações físicas da EMAM, localizada na Associação Mato-grossense de Magistrado (AMAM), em frente ao Parque das Águas, em Cuiabá (MT). Além da ótima localização, o espaço conta com sala de estudos e biblioteca climatizadas, com livros atualizados e Wi-Fi liberado, salienta o coordenador.

O valor do investimento é de R$ 980,00 para alunos novos e de R$ 950,00 para ex-alunos, valores que poderão ser pagos via boleto bancário ou divididos em 2x no cartão de crédito.

Como o concurso também tem provas de aptidão física, os alunos poderão se preparar nas instalações da própria AMAM, sem custo adicional. Quem quiser contratar um professor de educação física poderá fazê-lo por R$ 350,00, com direito a aulas três vezes por semana, do início ao fim do curso. Serão ao todo 26 encontros, entre aulas de corrida, barra e natação.

Mais informações na AMAM (Av. Hélio Ribeiro, s/nº, Residencial Paiaguás - Cuiabá/MT), (65) 3631-4252 ou e-mail secretaria@emam.org.br. Ou ainda pelo telefone (65) 9 8113-2186.

CADASTRE-SE

Receba nossos melhores conteúdos, sugestões de pautas e convite para eventos diretamente no seu e-mail.

CONTATO