Voltar

CANTINHO DA IMPRENSA

PROUNIM / Release


PróUnim doa cadeira feita sob encomenda para interna da Casas Caminho Redentor

16/05/2018

A manhã desta segunda-feira (14 de maio) foi especial para Graziella Vitória, de 17 anos, interna das Casas Caminho Redentor, em Cuiabá (MT), acometida por paralisia cerebral. Ela recebeu do Programa de Ação Social da Unimed Cuiabá (PróUnim) uma cadeira de rodas postural reclinável, totalmente adaptada para suas necessidades especiais.

A jovem, que está há 14 anos na instituição, precisa ficar o tempo todo sentada, mas numa posição que seja confortável, funcional e previna problemas nas costas, pescoço ou membros. A nova cadeira permite que ela fique com todo o corpo apoiado e confortável. Além disso, pode ser reconfigurada para acompanhar o crescimento da paciente.

Judismar Clemente Melado, segundo tesoureiro da Casas Caminho Redentor, conta que ela estava precisando muito de uma nova cadeira. A antiga já não era adequada às necessidades da Graziella. “O pessoal do PróUnim percebeu e mais uma vez veio prestar a sua colaboração à casa e às nossas crianças e nós estamos muito gratos”, salientou. Ele conta que a adolescente chegou com dois anos de idade, junto com várias outras crianças, nos primórdios da instituição.

Para o presidente do PróUnim, André Palma, a entrega coroa todo um trabalho de meses, desde a percepção da necessidade até a entrega da cadeira. Como é feita sob encomenda e de acordo com o perfil do paciente, há um tempo de espera acima da média, explicou.

“É uma sensação muito boa, depois de meses, conseguir finalizar esse trabalho, que foi feito por vários profissionais, a própria fábrica foi superatenciosa para conosco, e hoje, então, selamos com este encontro com a Graziella. Ela está aqui há muitos anos e fazia muito tempo que precisava de uma cadeira especial, mais adequada para as necessidades que tem. É muito bom poder fazer o bem a essas pessoas”, comemorou André.

Donativos - O PróUnim também fez a entrega de donativos – alimentos e material de higiene pessoal - adquiridos graças à primeira ação do programa Integridade, da Unimed Cuiabá. Ela consistia em disponibilizar picolés para os colaboradores no sistema “pegue e pague”.

Casamento de idosos é marcado por celebração religiosa, valsa, bolo e bailão

Nunca é tarde para recomeçar. É o que provam Jacinto Pedro Pereira, 68 anos, e Lourdes Maria dos Santos, 64 anos, internos do Lar dos Idosos São Vicente de Paulo, em Várzea Grande. Eles se casaram no último sábado (3 de março), graças a um esforço conjunto entre instituição, comunidade e o Programa de Ação Social da Unimed Cuiabá (PróUnim).

Foi uma cerimônia completa, com tudo que os noivos têm direito, damas de honra, celebração religiosa, valsa, bolo e bailão para os internos e convidados. Entre eles estavam os parentes de Lourdes Maria, como a irmã Agripina dos Santos, 65 anos, que se mostrou bastante emocionada. “Estou feliz demais com minha irmã, em ver esse casamento lindo acontecer, ainda mais presenciado pelo abrigo. Ela ganhou um presente completo, ganhou um noivo aqui no abrigo, um casamento e a festa”, comemorou, lembrando que Lourdes teve outro relacionamento, mas nunca foi oficializado.

A satisfação também era visível entre os amigos e colegas do Lar, como Carlos Edmundo Ferreira da Silva, 67 anos. “Estou feliz porque hoje é uma tarde abençoada, gloriosa, com a união de duas pessoas onde há muito amor, carinho e afeto. Acompanhei a história desde o começo. É um amor verdadeiro, abençoado e forte”, testemunhou. “Alegria, paz e felicidade daqui para a frente ao casal, que Deus uniu e nenhum homem separa”, desejou.

O contentamento era claro entre os noivos, que fizeram uma retrospectiva do relacionamento. “Foi amor à primeira vista. Quando vi ele pela primeira vez senti uma paz enorme no coração. Pensei, esse é o meu futuro marido”, revelou Lourdes, contando que ia até o quarto de Jacinto convidá-lo para irem juntos namorar no jardim. “No meu coração me senti alegre demais de encontrar uma pessoa que Deus detalhou para mim. Eu disse para ela: vamos casar logo meu amor, somos desimpedidos, então vamos casar”, acrescentou o noivo, que era viúvo.

A satisfação era grande também entre as pessoas que ajudaram a realizar o sonho do casal. O PróUnim, por exemplo, que é parceiro do Lar do dos Idosos, custeou a decoração para cerimônia. “A Unimed Cuiabá se sente muito feliz e gratificada de estar aqui presente. Isso para nós foi uma realização. Uma das coisas mais equivocadas do mundo é achar que um lar de idosos é o fim da estrada. Não é. Na verdade a promoção humana acontece em todos os momentos da vida”, salientou a diretora de Mercado da Cooperativa, Suzana Palma. “Os votos são os melhores possíveis para uma vida plena e tranquila, que encontrem um no outro a solidariedade que às vezes o mundo negou para eles”, finalizou a médica.

O presidente do PróUnim, André Palma, reforçou a importância do momento. “Eu vejo que o que aconteceu hoje aqui no abrigo, para nosso deleite, é um recomeço. Casaram-se hoje e vão continuar vivendo junto aos seus amigos e amigas durante muito tempo. O bacana disso é que ela encontrou o parceiro certo e ele também. Os dois estão felizes e é isso que importa. O PróUnim entra como uma instituição que contribui para o bem-estar das pessoas. E é isso que nós vemos aqui neste abrigo”, comemorou o psicólogo.

“Foi um local inusitado, um lar, para se realizar um sonho que é um casamento. Nós, que estamos à frente, ficamos muito felizes de poder proporcionar essa possibilidade aos idosos de poderem realizar seus sonhos e viver ainda com alegria, com felicidade”, frisou o diretor do Lar dos Idosos, João Gumercindo Cassin, lembrando que a cerimônia foi possível graças a uma grande união de esforços.

CADASTRE-SE

Receba nossos melhores conteúdos, sugestões de pautas e convite para eventos diretamente no seu e-mail.

CONTATO